Nascimento: um momento inesquecível: o que diz do Ministério da Saúde

Este é um acontecimento emocionante para todos não é mesmo? Afim de assegurar uma melhor qualidade ao atendimento das mamães, o Ministério da Saúde publicou no mês passado no Diário da União uma portaria que institui uma diretriz para a organização da atenção integral e humanizada à mulher e ao recém-nascido.

A portaria recomenda que mamãe e bebê não sejam separados por no mínimo 24 horas após o parto. Além disso sugere também que ambas sejam mantidas em alojamento conjunto. Essa prática é recomendada pelo OMS (Organização Mundial da Saúde).

Nesta mesma portaria também é estimulada a presença do pai ou do genitor sócio-afetivo sem restrições de horário.

Em casos onde o bebê precisa de atenção especial (prematuros por exemplo), isso não é possível. As recomendações são feitas para aqueles bebês e mamães que não precisam de atendimentos mais específicos ou atenção especializada.

Por não ser uma lei, não é uma medida obrigatória. Mas no momento do pré-natal é possível pesquisar a maternidade com antecedência, de forma a garantir um parto tranquilo e saudável.

O Instituto Catarinense Mais Saúde oferece a você acesso ao melhor da medicina em Joinville e região a partir de R$19,90 ao mês. Conheça agora mesmo!

Quero conhecer

Nascimento, um momento inesquecível: o que diz do Ministério da Saúde

Comentários

Classificado como: